5 de dez de 2012

Joá: Brincar com a sorte?


   
   O Elevado do Joá tem que ser reconstruído. É o que diz a Coppe/UFRJ. A prefeitura alega que precisa ouvir outras opiniões antes de tomar uma decisão. A imprensa mostra diariamente as mazelas da via. Vergalhões expostos, concreto descascando, juntas soltas. O prefeito vai pensar em restringir o tráfego e a velocidade de caminhões. Pensar.
   Já que pensar é o exercício, vale lembrar também que a prefeitura tinha grandes planos para o elevado, inclusive com estudos para sua duplicação.
   Me incomoda demais essa postura autoritária do prefeito, que ao negar a situação de calamidade em que se encontra o elevado, coloca em dúvida a reputação de um dos mais conceituados institutos do mundo. Segunda opinião de quem? E se essa opinião for diferente da primeira? Não se faz nada? Deixa cair?
   É preocupante, muito preocupante, tratar os cidadãos cariocas dessa maneira, Sr. Prefeito. Se for preciso, que se faça a demolição. O que não pode é jogar com a sorte. Deus me livre se isso cair. É o nome da cidade e a vida dos cariocas que estão em jogo.    

Nenhum comentário:

Postar um comentário