16 de out de 2012

Jacarezinho: esperança de dias melhores?




A ocupação de Manguinhos e do Jacarezinho pelas forças de segurança revelou ao resto da cidade a situação de desespero nessas comunidades. Já discursei várias vezes para denunciar a verdadeira tragédia social na região. Falta tudo, desde o básico, como saneamento, até o acesso a equipamentos de lazer, bibliotecas e escolas. 

Agora a prefeitura está fazendo um trabalho intensivo nas comunidades, como obras, limpeza das ruas e calçadas e a troca de lâmpadas, além da remoção dos dependentes de crack. Mas é preciso muito mais para que a região volte a estar integrada, de fato, à cidade. 
foto: Felipe Dana/AP

Será um longo processo, com a recuperação gradual da cidadania por parte dos moradores. Não será da noite para o dia que tudo vai se resolver. E vale lembrar também que cidadania não é só consumir coisas, é a garantia da liberdade de ir e vir, de segurança, saúde, educação, acesso a equipamentos de lazer, enfim, de tudo aquilo que a cidade tem, ou pelo menos deveria ter. 

O plano da prefeitura é aumentar a base de contribuintes do IPTU incluindo áreas pacificadas, mas isso precisa ser discutido com muito cuidado. Não é por supostamente estar livre do tráfico ou da milícia que a situação melhorou. O que não podemos é tratar a questão como algo meramente técnico e financeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário