27 de set de 2012

É doador de órgãos? Converse com sua família!


Na manhã desta quinta-feira organizamos um ato aqui em frente à Câmara para lembrar o Dia Nacional do Doador de Órgãos, celebrado neste dia 27 de setembro. Sem dúvida, o ato de doar uma parte de nós para quem precisa é um gesto valioso de generosidade.

Dados da Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO) mostram que, de cada oito potenciais doadores de órgãos, apenas um é notificado. Mesmo assim, o Brasil é o segundo país do mundo em número de transplantes, anualmente.

Segundo o Programa Estadual de Transplantes (PET), houve um aumento real de órgãos provenientes de doadores falecidos, devido ao incremento da organização do programa.

Dados divulgados pelo PET informam que no ano 2000 aconteceram 51 doações no estado. Em onze anos e oito meses esse número chegou a 158, ou seja, mais que triplicou. No mesmo período o transplante de tecidos (medula óssea, córnea e ossos) aumentou  de 329 para 425. Os transplantes de órgãos (coração, pulmão, fígado, rim e pâncreas) passaram de 303 para 365.

São números animadores, sem dúvida. Porém, apesar de estarmos no caminho certo, poderíamos estar melhor, pois ainda falta conscientização. Temos o desafio de tornar o tema doação de órgãos cada vez mais popular.

O RJTV de hoje fez uma ótima reportagem sobre o tema, com várias informações importantes para a população, entre elas a abertura de um banco de tecidos, que vai funcionar no prédio do Into.
Com informações e esclarecimento, conseguiremos fazer muito mais transplantes, diminuindo a dor e o sofrimento de milhares de pessoas. Doe órgãos, converse com a sua família.

Nenhum comentário:

Postar um comentário