2 de ago de 2012

O papel do vereador



Dentro de pouco mais de dois meses a população vai decidir nas urnas quem vai dirigir a cidade pelos próximos quatro anos. Contudo, o que seria motivo de orgulho vem se tornando um fardo para a maioria das pessoas. A classe política está cada vez mais desacreditada. As queixas se repetem em todos os lugares. A má vontade é tanta que até nas redes sociais há movimentos contra candidatos que usam seus perfis para divulgação.

Grande parte dos cidadãos não lembra em quem votou na eleição anterior. Pior, não sabe nem quais as atribuições de um vereador. Isto é muito grave. Somos responsáveis por criar leis para melhorar a vida dos cidadãos, garantindo seus direitos e deveres, além de fiscalizar a atuação do poder executivo, com requerimentos de informações, instauração de cpis e audiências públicas. Quando elegemos um vereador, estamos, na verdade, dando poderes a outras pessoas para agir por nós, lutando para que a nossa voz seja ouvida.

Antes de apontar culpados, deveríamos fazer uma autocrítica. Muito dessa campanha contra os políticos parte de maus exemplos, saídos desta e de outras casas. Temos um grande desafio pela frente: acabar com essa imagem de inutilidade que chega à população. E isso só se faz com trabalho. Por isso é importante estarmos aqui, trabalhando, mesmo durante a campanha eleitoral.

O partido verde tem como um de seus valores a defesa do poder local, com maior autonomia dos municípios. Pensar globalmente e agir localmente. Mas, para alguma coisa mudar, precisamos da participação da sociedade, exercendo seu poder de escolha com qualidade e responsabilidade. Só com o envolvimento de todos vamos conseguir mudar as tristes realidades que ainda resistem em nossa cidade.

Um comentário: