8 de ago de 2012

Hospital da Piedade: o retrato do caos na Saúde Pública

Discurso de 08/08/2012

Prezados colegas,
Na manhã desta quarta-feira estive no Hospital Municipal da Piedade, onde o estado de abandono predomina. Faltam médicos, material de trabalho cirúrgico e manutenção das áreas comuns. O precário estado de conservação da unidade já foi tema de várias reportagens.
No entanto, parece que o prefeito e o secretário de saúde não leem os jornais daqui. Toda vez que alguém contesta os dados apresentados por eles, o que recebemos como resposta são números mostrando a belíssima realidade das Clínicas da Família, geridas pelas organizações sociais, tratadas como a salvação pela atual administração.

A salvação é tratar os profissionais de saúde concursados com respeito, dando a eles condições dignas de trabalho. Mas as autoridades não conseguem ou não querem dar a mesma atenção aos hospitais. É inaceitável que a situação de importantes unidades de saúde chegue ao ponto lastimável que encontramos na Piedade. Não podemos aceitar esse descaso. 

Ainda na área da saúde, logo mais, às 18 horas, temos uma assembleia para lutar contra o esvaziamento do Iaserj. Mais uma das barbaridades cometidas contra a saúde pública. Porém, no que depender da garra dos profissionais de saúde e do empenho dos parlamentares comprometidos com a defesa do serviço público gratuito de qualidade, vamos vencer mais essa batalha. Minha solidariedade aos colegas e pacientes.

Obrigado a todos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário