26 de jul de 2012

Dr. Edison acompanha transferência do Iaserj

Continuo preocupado com a transferência do atendimento ambulatorial que hoje acontece no Hospital Central do Iaserj, no centro, para o Iaserj Maracanã a partir do dia 6 de agosto. Quero saber o que será feito com os funcionários lotados na unidade. Até agora a comissão com representantes do governo estadual e servidores do Iaserj, e mediação do Ministério Público estadual, ainda não resolveu esse problema.

A próxima reunião do grupo acontecerá dia 15 de agosto. Espero que o governo do estado realmente cumpra sua parte: que a Secretaria de Estado de Saúde entre em contato com as pessoas que têm consultas agendadas e coloque à disposição as duas vans que prometeu para levar os pacientes ao Iaserj Maracanã , entre 6 e 17 de agosto. Irei fiscalizar. O papel do vereador e, no meu caso, como médico e funcionário público, é acompanhar o caso Iaserj.

Estive lá no dia da manifestação feita por servidores e parentes de pessoas internadas. Eles denunciaram que os pacientes foram transferidos durante a madrugada, sem informação aos familiares e com participação de médicos de fora.

O governo do estado cedeu o prédio para o Inca, que construirá no local um novo prédio. Mas garante que o atendimento do Iaserj, que atualmente é de cerca de 5 mil procedimentos por mês, chegue a 10 mil. Estou de olho!

Nenhum comentário:

Postar um comentário