13 de dez de 2011

6º Batalhão da Tijuca recebe a sociedade civil para discutir problemas dos bairros da Grande Tijuca

Na manhã de terça, 13 de dezembro, durante a reunião do Conselho Comunitário de Segurança da AISP 06, no 6º Batalhão de Polícia Militar da Tijuca, Rua Barão de Mesquita, 625, o vereador Dr. Edison da Creatinina e os representantes dos moradores e associações locais  foram apresentados, pelo Comandante do Batalhão, Tenente Coronel Marcio de Oliveira Rocha, à nova lei que desobriga a presença da Polícia Militar nos acidentes de trânsito sem vítimas.

Segundo o comandante, a partir de agora, os condutores dos veículos deverão eles próprios buscar o posto mais próximo da PM para fazer o Boletim de Registro de Acidente de Trânsito – BRAT. O tenente Saldanha, responsável pelos dados da corporação, apresentou ainda dados estatísticos sobre a violencia na região.

O 6º Batalhão recebe, sempre na segunda terça-feira do mês, representantes do Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal, delegados das Delegacias de Polícia Civil relacionadas, dos bairros da Grande Tijuca, além de representantes das prestadoras de serviços públicos oficiais como água, luz, gás.

Para o vereador Dr. Edison da Creatinina, que é médico nefrologista e coordenador de transplantes do Hospital Pedro Ernesto, além de morador, nas cercanias, é importantíssima a participação da população nos trabalhos do Legislativo municipal, por isso quis se pronunciar durante a reunião, incentivando todos a trazerem demandas dos bairros e sugestões para o mandato.

6º batalhão da PM  -  foto: Fernando Souza / agência O Dia

Nenhum comentário:

Postar um comentário