18 de mai de 2012

Movimento de ocupação na frente da UniverCidade para reivindicar pagamento dos professores


Ocupa Sete de Setembro. Esse bem poderia ser o nome do movimento que professores e alunos da UniverCidade estão fazendo desde quinta-feira, 17 de maio, no campus da UniverCidade, que fica na rua Sete de Setembro 66, coração do centro do Rio. Eles reivindicam um horário na agenda dos diretores da universidade para cobrar o pagamento dos professores, atrasados há quatro meses, e o depósito do FGTS dos mestres. Eles estão em greve desde 14 de abril.
Iasmin Gomlevsky, estudante do curso de Teatro, em Ipanema, que está acampada com os colegas, conversou com o veredor Edison da Creatinina. Ele esteve  no local para se solidarizar com o movimento. Iasmin denunciou que a polícia militar usou armas de choque contra os manifestantes e soldados chegaram a empurrar uma moça, que fez um boletim de ocorrência na delegacia. 


Alunos acampam em protesto contra atraso salarial


texto: Bernadete Travassos

Nenhum comentário:

Postar um comentário