17 de jan de 2012

O nome é curioso e a causa é nobre

Carta enviada à seção Carta dos Leitores de O Globo em 6 de janeiro de 2012




Fui citado em O Globo de hoje, 6 de janeiro de 2012, como autor de uma lei chamada por esse renomado jornal de “curiosa”, em matéria intitulada “Câmara caprichou nas homenagens em 2011” ao “emplacar no calendário oficial do município a “Segunda sem carne” (estou repetindo o texto da própria matéria).

A lei, aprovada este ano, de minha autoria, trata da inclusão no calendário oficial da nossa cidade da Segunda sem Carne e segue tendência mundial, fundamentada em importante campanha referente à má qualidade da alimentação da população, campanha já bastante conhecida, divulgada com destaque pelo próprio Globo, inclusive na recente visita ao nosso país do ícone e ex-beatle Paul McCartney, um dos porta-vozes mais notáveis desse movimento.

Com a sugestão em nosso município de que as pessoas não comam carne em pelo menos um dia na semana, substituam por frutas, legumes e hortaliças, tanto melhor, estamos alertando a população carioca para sua forma de se alimentar e ao mesmo tempo conscientizando sobre o impacto ambiental causado pela criação de animais para suprir a demanda geral e colossal por carne. A criação de gado é a principal responsável por alterações nas paisagens naturais do Brasil, por grandes desmatamentos na Mata Atlântica, Caatinga, Cerrado e Amazônia.

Vale a pena lembrar aqui e agora o que a matéria da editora Amélia Gonzalez, do Razão Social do próprio Globo, destacou, em 22 de junho do ano passado, que, “de acordo com o relatório da Food and Agriculture Organization (FAO) de 2009, a pecuária gera 8% do consumo de água mundial, 18% das emissões de gases com efeito estufa, 37% do metano emitido pelas atividades humanas e é a atividade que mais consome recursos do planeta, ocupando 80% da superfície agrícola total. Dados do relatório dão conta ainda que a produção mundial de carne duplicará até 2050 para responder à crescente procura, chegando a 463 milhões de toneladas por ano”.

Obrigado,
Dr. Edison da Creatinina
Vereador do Rio – Partido Verde

Assista o vídeo sobre o tema

Nenhum comentário:

Postar um comentário