18 de mai de 2011

Ministros de 50 países preparam Cúpula Rio+20



De: O País Online

Ministros de meia centena de países participam na reunião preparatória da IV Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), a celebrar-se no Rio de Janeiro no próximo ano.

O encontro na sede da ONU faz parte das sessões da comissão dedicada a essa matéria e contará com várias mesas redondas sobre mineração, consumo sustentável e desenvolvimento, transporte, uso de substâncias químicas e administração de dejetos.

Durante os trabalhos da comissão preparatória, o subsecretário geral da ONU para Assuntos Económicos e Sociais, Sha Zukang, advertiu sobre a ameaça que representam os actuais patrões de consumo e produção para a capacidade de respaldo à vida que proporcionam os ecossistemas.

Precisamos mudar nossas pautas para que as economias funcionem sobre esquemas sustentáveis e possamos enfrentar os desafios da mudança climática, a escassez de água e de outros recursos e a degradação do meio ambiente, apontou o servidor público.

Disse que a situação atual está marcada pelo impacto dos gases de efeito estufa sobre o clima, o crescente número de espécies em perigo, os elevados índices de desmatamento e o decrescimento das reservas pesqueiras.

Sha chamou a elaborar durante este ano um plano de apoio aos países e outros atores dirigido a conseguir esquemas sustentáveis de produção e consumo, para ser apresentado na conferência de Rio+20, em junho de 2012.

A comissão preparatória do encontro no Rio de Janeiro está integrada por 53 países, entre eles Antigua e Barbuda, Argentina, Brasil, Panamá, Colômbia, Peru, Cuba, Uruguai e Venezuela por América Latina e Caribe.

Na cidade brasileira os temas principais serão Economia verde dentro do contexto do desenvolvimento sustentável e da erradicação da pobreza e Marco institucional para o desenvolvimento sustentável.

Rio+20 foi convocada pela Assembleia Geral da ONU para realizar-se ao mais alto nível há 20 anos da chamada Cúpula da Terra, celebrada na mesma cidade brasileira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário