15 de abr de 2011

Propostas para mudar política de transplantes


fonte: DCM 15/04/11


Comissão Especial de Doação de Órgãos


Uma nova Comissão Especial foi instalada na Câmara do Rio, nesta quinta-feira (14/04), para analisar a questão da doação de órgãos no Município.


A iniciativa é do vereador Dr. Edison da Creatinina (PV), que ocupará a função de presidente da Comissão. De acordo com o vereador, a ideia surgiu após a constatação de que é preocupante o tempo de espera dos que precisam de transplante na Cidade. Existem poucos doadores perto da demanda necessária de órgãos como rins, pulmões, pâncreas, entre outros. A nova Comissão tem por objetivo identificar as carências e propor medidas que resolvam o problema.


Para o vereador Dr. Edison da Creatinina, a questão fundamental é que todos os hospitais municipais deveriam ter um protocolo de captação de doadores de órgão. “Embora já exista um número estadual de captação de transplantes, o Disque-Doação 155, seria importante que os principais hospitais mantivessem uma organização para identificação, manutenção do doador e para contactar as equipes. Atualmente, a interação entre hospitais e doadores ainda é precária, o que dificulta a doação”, afirma o vereador.


Além do vereador Dr. Edison da Creatinina, fazem parte da comissão os vereadores Tio Carlos (DEM), vice-presidente; Dr. João Ricardo (PSDC), relator; Jorge Manaia (PDT) e Dr. Gilberto (PTB). Os parlamentares pretendem realizar a primeira audiência pública o mais breve possível e, na ocasião, convocar o coordenador do Programa Estadual de Transplante (PET), Eduardo Rocha, além de médicos, enfermeiros e assistentes sociais dos hospitais municipais.


Um comentário:

  1. Esse merece todo crédito do mundo, uma pessoa humana e acima de tudo honestíssima, e sempre muito preocupado com o bem estar das pessoas! parabéns amigo, vc merece estar onde estás!

    ResponderExcluir