5 de fev de 2011

Belo Monte NÃÃÃOOO!!!!

Equipe ASCOM

O Vereador Dr. Edison da Creatinina participou na sexta-feira, 4 de fevereiro, do protesto contra a construção da usina de Belo Monte em frente ao edifício do BNDES no centro do Rio. A manifestação foi organizada pelo Portal EcoDebates. Representantes do Partido Verde e do gabinete do Vereador Dr. Edison da Creatinina levaram faixas e gritaram palavras de ordem contra o valor do empréstimo desse banco público para a construção da usina que já obteve uma licença denominada de "parcial".

Jornal: O Globo -- 05/02/2011 - pag. 26


Nossa opinião:

Estamos aguardando que o IBAMA, o BNDES e o consórcio PRIVADO Norte Energia prestem as informações solicitadas pela Justiça Federal sobre a licença que autoriza a abertura do canteiro de obras para construção da usina hidrelétrica de Belo Monte na Amazônia. Essa chamada “licença parcial” concedida pelo IBAMA, de 40 condicionantes não cumpridas, autoriza a supressão de vegetação de uma área de mais de 200 hectares (igual a 200 campos de futebol), incluindo 64 hectares em área onde não se pode construir (APP). Não entendemos como um empréstimo do BNDES, de dinheiro público, ao consórcio PRIVADO da Norte Energia, que vai construir a usina, seja de 95% do total da obra. Queremos investimento PÚBLICO EM EFICIÊNCIA energética e fontes verdadeiramente LIMPAS que não causam devastação ambiental. Já sabemos que a quantidade de terra que será removida para a construção é maior do que a quantidade retirada na construção do canal do Panamá, que liga o Oceano Atlântico ao Pacífico.
De acordo com a lei brasileira e internacional, o governo tem a obrigação de proteger os direitos básicos das populações indígenas e comunidades locais que serão afetadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário